Minha página no facebook.

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Estudo Bíblico - ESTAR NA PRESENÇA DE DEUS REQUER QUALIDADE DE VIDA (SANTIDADE): O que pratica a justiça. - O que de coração fala a verdade.

Módulo 2
O que pratica a justiça.

- O que de coração fala a verdade.



TEMA: ESTAR NA PRESENÇA DE DEUS REQUER QUALIDADE DE VIDA (SANTIDADE).

TEXTO BÍBLICO: SALMOS 15. 1-5.
SENHOR, quem habitará no teu tabernáculo? Quem morará no teu santo monte?
Aquele que anda sinceramente, e pratica a justiça, e fala a verdade no seu coração.
Aquele que não difama com a sua língua, nem faz mal ao seu próximo, nem aceita nenhum opróbrio contra o seu próximo;
A cujos olhos o réprobo é desprezado; mas honra os que temem ao Senhor; aquele que jura com dano seu, e contudo não muda.
Aquele que não dá o seu dinheiro com usura, nem recebe peitas contra o inocente. Quem faz isto nunca será abalado.”


Quem é que pode hospedar-se na tenda (tabernáculo) do Senhor?
- O que vive com integridade.
- O que pratica a justiça.
- O que de coração fala a verdade.

- O que não comete calúnia .
- O que não prejudica seu próximo.
- O que não fala mal do seu vizinho.
- O que despreza a impiedade e honra os que temem ao Senhor.
- O que cumpre seus votos mesmo sabendo que pode ser prejudicado.
- O que não é avarento.
- O que não aceita suborno.
Quem há de habitar em seu monte sagrado?
- O servo que procede deste modo.

INTRODUÇÃO
   No nosso primeiro estudo, fizemos a análise da primeira pergunta feita pelo salmista a respeito, de quem é que pode hospedar-se na casa de Adonai.
   Vimos três exemplos bíblicos de personagens que podiam estar na casa de Adonai (Senhor), a profetiza  Ana, Jó, e o centurião Cornélio.  Esses personagens nos ensinam que a forma de vida deles ,são exemplos de integridade para nós. Eles só puderam estar na casa de Deus , porque em primeiro lugar manifestou-se sobre eles  a graça salvífica na pessoa do Senhor Jesus Cristo e segundo porque sobre eles estavam qualidades que completavam suas vidas ,com o princípio da integridade.
   Então o que aprendemos com a primeira parte desse estudo? Hoje pela graça de Deus (morte e ressurreição de Cristo trazendo salvação e absolvição  de pecados). Podemos estar em sua presença com livre acesso, mas que também precisamos manter em nossas vidas, princípios que honre a santidade desse Deus que é santo. Estar na presença de Deus requer  uma vida de integridade, acompanhada de: serviço com devoção, disciplinas espirituais (leitura da palavra, oração e jejuns), temor e piedade.
   Nessa segunda parte desse estudo queremos analisar ainda o primeira pergunta feita pelo salmista  a respeito de quem pode estar no tabernáculo do senhor. Primeiro ele disse: o que vive com integridade, nessa nova etapa ele diz: O que pratica a justiça , e o que de coração fala a verdade.  
   Precisamos nesse estudo fazer uma análise da palavra  justiça no Hebraico (língua que os textos do velho testamento foram escritos). Existem dois substantivos para justiça Tsedeq,  Tsedãqãh.
Estes substantivos vêm de uma raiz semítica que ocorre no hebraico, fenício e aramaico com um sentido jurídico. No fenício e no aramaico antigo, a palavra traz o sentido de “lealdade” demonstrada por um rei ou sacerdote como servo do seu deus. Significado mais limitado da raiz é encontrado no árabe: “veracidade”. No hebraico, o substantivo TSEDÃQÃH significa: esmolas ou demonstração de misericórdia”.
Mas a palavra justiça também engloba tudo o que Deus espera do seu povo. Os verbos associados com “justiça” indicam a praticabilidade deste conceito. A pessoa julga, trata, ensina e busca justiça. Fundamentando um relacionamento especial com Deus 
A palavra tsedãqãh, aparece 157 vezes, e a palavra tsedeq 119 vezes, é encontrado principalmente na literatura poética. A primeira vez que se fez uso dessa palavra tsedeq é na citação de Lv19. 15 “ Não fareis juízo; não aceitarás o pobre, nem respeitarás o grande; com justiça julgaras o teu próximo. E o de tsedãqãh é: Abrão creu no Senhor, e foi-lhe imputado isto por justiça ( Gn 15.6).”
   O salmista nos ensina que para hospedar-se no tabernáculo do Senhor é necessário viver alguns aspectos:
1° Só pode hospedar-se na casa do senhor os que praticam a misericórdia .
2° Os que vivem um relacionamento com o Deus que é Justiça
3° os que em suas ações praticam justiça.
 Agora podemos entender a parte final do versículo dois  e seu início, pois o salmista   tem a preocupação de detalhar nossa postura na casa de Deus , e nossa postura em sua presença.  Deixe-me explicar: Estar na presença de um Deus santo, não requer em primeiro lugar obras de justiça, mas sim uma vida justa, que expresse integridade, justiça e verdade. Você entendeu o que o versículo dois responde a pergunta feita pelo salmista? Quem, Senhor, habitará no teu tabernáculo? Resposta: O que vive com integridade, e pratica a justiça, e, de coração fala a verdade. O salmista está nos dizendo que para estar na casa de Deus e na sua presença precisamos viver bom relacionamento com Deus e em especial com nosso próximo .  

Defina o que você entendeu sobre a palavra justiça usada pelo salmista?
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

No hebraico, o substantivo tsedãqãh, significa:--------------------------------------------------ou demonstração de------------------------------------------------------------.

ESTAR NA PRESENÇA DE DEUS REQUER QUALIDADE DE VIDA ( SANTIDADE).
1° QUALIDADE NA VIDA DE UM SERVO QUE BUSCA SANTIDADE: INTEGRIDAE.
2° QUALIDADE NA VIDA DE UM SERVO QUE BUSCA SANTIDADE: JUSTIÇA E CORAÇÃO QUE FALA A VERDADE. ESTAREMOS VENDO ESSA SEGUNDA QUALIDADE!
   Entendemos que estar na presença de Deus para o salmista englobava um relacionamento Íntegro com Deus, marcado por justiça e verdade, mas também um relacionamento misericordioso com seu semelhante, pautado sobre a régia de um Deus que espera dos seus servos, a praticabilidade desse conceito. A pessoa julga, trata, ensina e busca justiça pela ótica divina. Vamos analisar um exemplo bíblico dessa postura citada pelo salmista ?  O rei Salomão 1° Reis 3. 16 a 28.
 “Então vieram duas mulheres prostitutas ao rei, e se puseram perante ele.
E disse-lhe uma das mulheres: Ah! senhor meu, eu e esta mulher moramos numa casa; e tive um filho, estando com ela naquela casa.
E sucedeu que, ao terceiro dia, depois do meu parto, teve um filho também esta mulher; estávamos juntas; nenhum estranho estava conosco na casa; somente nós duas naquela casa.
E de noite morreu o filho desta mulher, porquanto se deitara sobre ele.
E levantou-se à meia-noite, e tirou o meu filho do meu lado, enquanto dormia a tua serva, e o deitou no seu seio; e a seu filho morto deitou no meu seio.
E, levantando-me eu pela manhã, para dar de mamar a meu filho, eis que estava morto; mas, atentando pela manhã para ele, eis que não era meu filho, que eu havia tido.
Então disse a outra mulher: Não, mas o vivo é meu filho, e teu filho o morto. Porém esta disse: Não, por certo, o morto é teu filho, e meu filho o vivo. Assim falaram perante o rei.
Então disse o rei: Esta diz: Este que vive é meu filho, e teu filho o morto; e esta outra diz: Não, por certo, o morto é teu filho e meu filho o vivo.
Disse mais o rei: Trazei-me uma espada. E trouxeram uma espada diante do rei.
E disse o rei: Dividi em duas partes o menino vivo; e dai metade a uma, e metade a outra.
Mas a mulher, cujo filho era o vivo, falou ao rei (porque as suas entranhas se lhe enterneceram por seu filho), e disse: Ah! senhor meu, dai-lhe o menino vivo, e de modo nenhum o mateis. Porém a outra dizia: Nem teu nem meu seja; dividi-o.
Então respondeu o rei, e disse: Dai a esta o menino vivo, e de maneira nenhuma o mateis, porque esta é sua mãe.
E todo o Israel ouviu o juízo que havia dado o rei, e temeu ao rei; porque viram que havia nele a sabedoria de Deus, para fazer justiça.”
   Neste texto enxergamos os dois princípios citados pelo salmista, um coração que fala a verdade, e a prática da justiça divina. O coração da mãe verdadeira relatando o fato e sua postura de misericórdia  para com a vida da criança, e um Rei que julga a causa com retidão analisando pela ótica divina os fatos. Deus espera dos  que se  hospedam em  seu tabernáculo,  esse tipo de postura que ressalta a justiça divina.
Como cristãos que vivemos na presença de Deus, precisamos aprender com o salmista e com a vida do rei Salomão, o fator justiça para não cairmos no erro do rei Davi que deixou de analisar os fatos, pelo qual Mefibosete não foi  com ele, quando  Davi saiu de Jerusálem.  O rei então perguntou: "Onde está Mefibosete, neto de seu senhor? " Respondeu-lhe Ziba: "Ele ficou em Jerusalém, pois acredita que os israelitas lhe restituirão o reino de seu avô ".
Então o rei disse a Ziba: "Tudo o que pertencia a Mefibosete agora é seu". "Humildemente me prostro", disse Ziba. "Que o rei, meu senhor, agrade-se de mim".
2 Samuel 16:3,4.  Ziba mente ao rei querendo aproveitar da certeza que tinha que o reino seria devolvido a Davi. Muitas vezes agimos precipitadamente cometendo injustiça; foi o caso do Rei Davi que depois da morte da Absalão  volta vitorioso pra Jerusalém e encontra Mefibosete, e lhe pergunta porque ele não foi junto com o rei, então Mefibosete tenta explicar ao rei a causa de sua ausência , só que o rei Davi não quer ouvir a explicação de seu servo: Também Mefibosete, filho de Saul, desceu a encontrar-se com o rei, e não tinha lavado os pés, nem tinha feito a barba, nem tinha lavado as suas vestes desde o dia em que o rei tinha saído até ao dia em que voltou em paz.
E sucedeu que, vindo ele a Jerusalém a encontrar-se com o rei, disse-lhe o rei: Por que não foste comigo, Mefibosete?
E disse ele: Ó rei meu senhor, o meu servo me enganou; porque o teu servo dizia: Albardarei um jumento, e nele montarei, e irei com o rei; pois o teu servo é coxo.
Demais disto, falsamente acusou a teu servo diante do rei meu senhor; porém o rei meu senhor é como um anjo de Deus; faze, pois, o que parecer bem aos teus olhos.
Porque toda a casa de meu pai não era senão de homens dignos de morte diante do rei meu senhor; e contudo puseste a teu servo entre os que comem à tua mesa; e que mais direito tenho eu de clamar ao rei?
E disse-lhe o rei: Por que ainda mais falas de teus negócios? Já disse eu: Tu e Ziba reparti as terras.
E disse Mefibosete ao rei: Tome ele também tudo; pois já veio o rei meu senhor em paz à sua casa.
2 Samuel 19:24- 30
. O rei Davi até pode ter descoberto a mentira de Ziba servo de Mefibosete, só que a decisão que Davi tomou antes de ouvir Mefibosete foi injusta. Se quisermos habitar na casa de Deus sempre precisamos ouvir ambas as partes  para não criarmos um juízo precipitado (injustiça). Conta-se uma história de um pastor que foi acusado de adultério pelo irmão da igreja, o caso chega ao conhecimento  da igreja , e toda igreja sem averiguar o caso  pede a saída de seu pastor. O pastor além de exonerado da igreja também perdeu sua família (Esposa e filhos) que acreditaram no que o irmão disse, e o que a igreja também falou. Vivendo esse grande problema o pastor injustiçado tem um infarto , passados alguns dias o irmão que acusou o pastor sente-se arrependido pela mentira que havia dito e vai ao hospital pedir perdão ao pastor. Quando chega ao pastor retratando-se pela sua mentira o pastor, manda esse irmão pegar o travesseiro e rasgar, e soltar toda as penas que estão dentro dele pela janela do quarto andar, do quarto onde ele está internado, o  irmão atende ao pastor e faz o que ele havia ordenado. Com o travesseiro vazio em sua mão o pastor pede a ele para descer e catar toda plumagem para novamente encher o travesseiro. O irmão diz que isso é impossível, então o pastor diz: Foi isso que você fez com sua mentira na minha vida. Nossos atos de injustiça são como palavras jogadas ao vento, depois de lançadas elas não voltam.

RESPONDA DIANTE DE DEUS ESSA PERGUNTA:
VOCÊ É UM CRISTÃO JUSTO ( MISERICORDIOSO) OU INJUSTO DIANTE DE DEUS?
_______________________________________________________________________________________________

VIMOS DOIS PERSONAGENS EM QUE UM AGIU COM JUSTIÇA DIVINA E O OUTRO NÃO. QUAIS SÃO?

PERSONAGEM JUSTO._____________________________.

PERSONAGEM INJUSTO____________________________.

Gostaria de citar na íntegra novamente o salmo 15. 1-2.
SENHOR, quem habitará no teu tabernáculo? Quem morará no teu santo monte?
Aquele que anda sinceramente, e pratica a justiça, e fala a verdade no seu coração. A resposta para pergunta feita , está no segundo versículo . Habita em sua casa : Os íntegros (sinceros), os que praticam justiça (misericordiosos) e os limpos de coração. Parece que Jesus ensinou isso nas bem- aventuranças  Mt 5.7 e 8. Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;  Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;  Jesus tinha em mente o que o salmista também tinha aprendido com Deus. Tanto o salmista como o Senhor Jesus querem nos ensinar que para entramos ou passarmos algumas horas na presença de Deus precisamos viver princípios que manifestam a pureza e santidade de um Deus santo. Estar em sua presença requer :  vida justa , íntegra ,sincera, mas também um coração que seja dirigido pela verdade, sendo um servo  que tenha o coração limpo. O salmo quinze se completa com as  bem- aventuranças citadas por  Jesus, então podemos dizer:  Felizes os justos (misericordiosos) porque alcançarão justiça divina e misericórdia quando delas precisarem; felizes os que dizem a verdade porque terão seus corações limpos e habitarão para sempre no seu tabernáculo e  esses verão a Deus.   

O QUE VOCÊ APRENDEU SOBRE, JUSTIÇA  (MISERICÓRDIA), INJUSTIÇA  E FALAR A VERDADE EM SEU CORAÇÃO?
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


Para habitarmos na casa de Deus é necessário também um coração puro,  sem mentiras,  mas lavados com a palavra da  verdade. 

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Estudo Bíblico - Estar na presença de Deus requer qualidade de vida

Módulo 1 - Integridade
Tema: ESTAR NA PRESENÇA DE DEUS REQUER QUALIDADE DE VIDA (SANTIDADE).

Texto Bíblico: Salmos 15 1-5.

SENHOR, quem habitará no teu tabernáculo? Quem morará no teu santo monte?
Aquele que anda sinceramente, e pratica a justiça, e fala a verdade no seu coração.
Aquele que não difama com a sua língua, nem faz mal ao seu próximo, nem aceita nenhum opróbrio contra o seu próximo;
A cujos olhos o réprobo é desprezado; mas honra os que temem ao Senhor; aquele que jura com dano seu, e contudo não muda.
Aquele que não dá o seu dinheiro com usura, nem recebe peitas contra o inocente. Quem faz isto nunca será abalado.
Quem é que pode hospedar-se na tenda (tabernáculo) do Senhor?
- O que vive com integridade.
- O que pratica a justiça.
- O que de coração fala a verdade.
- O que não comete calúnia .
- O que não prejudica seu próximo.
- O que não fala mal do seu vizinho.
- O que despreza a impiedade e honra os que temem ao Senhor.
- O que cumpre seus votos mesmo sabendo que pode ser prejudicado.
- O que não é avarento.
- O que não aceita suborno.
Quem há de habitar em seu monte sagrado?
- O servo que procede deste modo.

Introdução

Vendo isso, Simão Pedro prostrou-se aos pés de Jesus, dizendo: Senhor, retira-te de mim, porque sou pecador Lc 5- 8. Diante do grande feito realizado pelo mestre Jesus Cristo, o discípulo Pedro reconhece o poder constrangedor do operador de milagres. Um Deus constrangedor expressa: autoridade, poder e santidade. Quem então pode estar em sua presença ? Quem pode ter comunhão com ele? A pergunta teologicamente pode ser respondida porque por intermédio da morte de Jesus temos acesso direto ao pai. Mt 27- 51 eis que o véu do Santuário se rasgou em duas partes de alto a baixo; tremeu a terra fenderam-se as rochas .Não há mas dificuldade para o pecador regenerado está na presença e comunhão com o Senhor, a morte de Cristo e sua ressurreição possibilita esse acesso, isso teologicamente e biblicamente é entendido por todos seus eleitos (cristãos). Parece que o Discípulo Pedro não tinha esse entendimento, pois para todo judeu qualquer manifestação sobrenatural divina era recompensado com a morte :Juizes 13 -22. Disse Manoá a sua mulher: Certamente, morreremos, porque vimos a Deus. Estar na presença de um Deus santo era algo impossível para um Judeu, pois na perspectiva judaica, homem pecadores não podem estar diante da santidade de um Deus poderoso, por esse motivo se manifestou Jesus o filho de Deus .
Mas o que isso tem a ver com o salmos 15? O salmista conhecia o poder constrangedor do Deus santo e por conhecer a santidade divina , ele sabia que mesmo sendo pecador e por causa do pecado, ele, estava impossibilitado de estar diante da presença do Deus santo. Mas vivendo em qualidade de vida (em santidade) ,ele poderia se “hospedar” na tenda do Senhor e por final, habitar no seu Santo monte. Hoje sabemos que temos acesso ao pai pela sua maravilhosa graça, não precisamos de sacrifícios , obras expiatórias e outras coisas para entrarmos em sua presença . O filho nos concedeu esse privilégio, porém não podemos deixar de viver em santidade. Então o salmista traz para cada cristão onze itens e uma resposta conclusiva, sobre a importância da comunhão com DEUS, dentro do templo (IGREJA) e sociedade (SEU PRÓXIMO). O Deus que nos deu acesso a sua presença , requer dos cristãos posturas santas ,éticas e morais.
Então podemos afirmar que pelo sangue de Jesus temos acesso a presença do Soberano (DEUS). Mas para que a presença dele seja notada , precisamos viver em santidade de vida. Vamos então entender essas onze marcas destacadas pelo salmista e a conseqüência disso?

Escreva falso ou Verdadeiro:
( ) No antigo testamento todos podiam ver a face de Deus?
( ) O pecado não é uma qualidade de vida, mas sim a santidade?
( ) Hoje qualquer um pode ter acesso a presença de Deus?
( ) Só tem acesso a presença de Deus os que foram lavados e remidos por Jesus?

O que é preciso para viver em santidade e comunhão com Deus?
O salmista afirma que os eleitos de Deus precisam viver:

1° Uma vida com integridade (sincera).
Lucas: 2. 36-37. E estava ali a profetisa Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. Esta era já avançada em idade, e tinha vivido com o marido sete anos, desde a sua virgindade;
E era viúva, de quase oitenta e quatro anos, e não se afastava do templo, servindo a Deus em jejuns e orações, de noite e de dia.
Integridade: Qualidade de quem é integro Lit “completo”, que não significa sem pecado, mas uma pessoa de honradez, reto , sincero, com temor de Deus no seu coração. (Cit . Bíblia de estudo Sheed, pág719 . Antigo testamento).
Quem pode hospedar-se no templo do senhor? O salmista destaca que somente os íntegros e sinceros tem o prazer de estar no templo do senhor: Porque vale mais um dia nos teus átrios do que mil. Preferiria estar à porta da casa do meu Deus, a habitar nas tendas dos ímpios. Salmo 84-10.
Essa integridade e sinceridade leva a profetisa Ana prestar devoção ao Senhor Deus. Quase oitenta anos de viuvez, mas sempre prestando serviço ao senhor seu Deus. Ana é um exemplo de pessoa íntegra que pode estar na casa do senhor. Para estar na casa do Senhor é necessário uma vida de devoção a ele. Ana é nosso primeiro exemplo.

O que você aprende com a vida da profetisa Ana? _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Jó 1: 1. Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Jó, homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desvia do mal. O segundo exemplo que temos de integridade é o servo Jó. O caráter de Jó é de tamanha integridade diante de Deus ,a Bíblia diz que ele tinha sete filhos homens e quando seus filhos davam uma festa ao final da festa, Jó oferecia a Deus sacrifício pois dizia: Talvez tenham pecado os meus filhos e blasfemado contra Deus em seu coração. Assim o fazia Jó continuamente ,Jó 1.5b. Mesmo tendo entendimento teológico a respeito da ideia central do livro de Jó, e, o medo da mão de Deus vir sobre ele, sua família e seus bens. Precisamos usar Jó como nosso segundo exemplo de integridade . Você percebe que na narrativa do versículo citado existe uma palavra que chama muito a atenção do leitor: Talvez tenham pecado. A postura de Jó é um alerta para cada Cristão sobre a importância, do viver temor ao Senhor. Jó é o nosso segundo exemplo.
O que você aprendeu com a vida do servo Jó?
_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Atos 10 1- 2. E havia em Cesaréia um homem por nome Cornélio, centurião da coorte chamada italiana, piedoso e temente a Deus, com toda a sua casa, o qual fazia muitas esmolas ao povo, e de contínuo orava a Deus. Alguns dizem que Cornélio era filho da salvação ,e se tornou filho por que tinha alguns adjetivos: Piedoso, temente a Deus, generoso e tinha a praticada da oração. Até creio que essas qualidades chamaram a atenção de Deus para olhar o gentio Cornélio, sabendo que nossa salvação não se deu por obras mais sim pela fé em Jesus Cristo, nossas qualidades não são suficientes para trazer salvação sobre nós. Efésios 2- 8 Porque pela graça sois salvos, mediante fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus. Entretanto não podemos deixar de destacar que Cornélio era um homem que tinha diante dos necessitados e de Deus honra , qualidade de alguém que tem integridade. Deus olhos um gentio e viu nesse homem princípios que lhe possibilitaria a entrada dele em seu tabernáculo. Podemos dizer que Cornélio foi o primeiro gentio a hospedar-se na casa de Deus. Integridade é acompanhada por: Piedade, temor e comunhão. Cornélio é o nosso terceiro exemplo de integridade.

Marque a resposta correta:
Cornélio, foi o primeiro gentio a ser salvo pela graça divina porque ele era um homem: piedoso, temente a Deus, generoso, e mantinha uma vida de oração ( ).
Cornélio, foi salvo pela graça de Deus que veio sobre sua vida , e além disso, também manifestava posturas de um homem íntegro em sua sociedade ( ).

Exercício de fixação
Encontre na Bíblia outro exemplo de integridade.
Livro para procurar 1° Sm
Nome do personagem: _________________________
O que você aprendeu com o exemplo desse personagem________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Autor: Pr. Marcio Sousil

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

O que é VEDEAN



Explicação sobre o que é VEDEAN. Amigo do noivo trás a ideia de um responsável pelo preparativos de um casamento , que era feito tanto na cultura greco- romana como na cultura judaica
No cristianismo temos a citação de João Batista como o amigo do noivo. Esse vídeo é uma demonstração de que lideres precisam ser amigo do noivo (Jesus). 
seja bem-vindo ao blog.

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Manifestação do reino.



Na explicação da Bíblia Shedd de estudos encontramos a seguinte explicação: Se apoderam .Gr HARPAZEIN,"apanhar", "agarrar", "arrebatar", usando também para expressar a ação dos ladrões. Aqui representa a maneira corajosa e resoluta dos fiéis de aceitar para si o reino que Deus lhes oferece, vencendo, pela fé e pelo poder do Cristo, qualquer oposição do mundo exterior, ou de tentação intima(lucas 16.16b). Pode-se interpretar como uma referência a violência de certos judeus que pensaram em estabelecer o reino pela força bélica( como os zelotes).


O azeite da viúva - Palavra de motivação para líderes de células baseada em II Reis 4: 1 a 7.


Palavra do dia: 2º Reis 4.1a7.
Para você pastor , para você líder de pequenos grupos,para você líder de células de multiplicação.
O que precisamos para alcançar a multiplicação?
1° LUGAR : DETECTAR A CAUSA DO PROBLEMA. Ela estava com uma divida financeira que foi deixada pelo seu marido. Ache a causa que está impedindo sua célula de multiplicar, seu pequeno grupo de crescer. a igreja de abraçar a visão.
2° LUGAR : LEVE O PROBLEMA A PRESENÇA DE DEUS. Ela clamou pela ajuda do profeta. Pois ela sabia que seu marido temia ao senhor Deus .
3° LUGAR : CONFIE NO IMPOSSÍVEL DE DEUS. se você líder ou pastor acha que não tem nada saiba que existe algum tesouro que Deus vai usar para trazer multiplicação. Ela tinha uma botija de azeite, Moisés tinha um cajado, André informou a Jesus que um menino tinha cinco pães e dos peixinhos, Davi tinha um badoque e pedras lisas do ribeiro, e esses viram o impossível de Deus.
4° LUGAR : ENTRE EM UM PROPÓSITO DE ORAÇÃO. Ela ouviu a palavra do profeta que convidou a entra no quarto fechar a porta e orar para que o multiplicação pode-se iniciar, quanto pegasse as vasilhas. A ordem é multiplicação, mas para ordem ser executada é necessário oração.
5º LUGAR : SEJA RECOMPENSADO COM A MULTIPLICAÇÃO. Ela entrou no seu quarto e viu o sobre natural acontecer o azeite multiplicou ,e ela pagou o credor e ainda conseguiu viver com o resto.
Líder de pequenos grupos, líder de célula, pastor. Suas células vão multiplicar, seus pequenos grupos vão crescer e sua igreja será recompensada com vidas se rendendo ao senhor . Você foi chamado para ser líder de multidões. Confie no sobre natural de Deus. Precisamos levar JESUS CRISTO COMO REAL SALVADOR.


Vedean - Visão evangélica de ensino amigo do Noivo.